SAIO PARA CORRER, POSSO CAMINHAR?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

3 Flares Filament.io 3 Flares ×

INICIE AGORA MESMO CLIQUE QUERO TREINAR COM A EQUIPE

corridaDuas semanas atrás estávamos conversando e uma aluna disse que estava chateada ou algo assim por não ter conseguido correr o tempo todo no percurso de casa até a nossa unidade no posto 6 de Copacabana, disse que vinha correndo num bom ritmo e passou algumas pessoas e num determinado ponto não conseguiu manter a corrida, então caminhou rápido por um trecho, retomou o fôlego e voltou a correr, o interessante é que ela voltou a treinar após um período afastada por compromissos acadêmicos e tem reduzido seus tempos no percurso e no mesmo trecho, isso nos levou a um debate sobre essas questões e me trouxe a escrever aqui, espero levar você leitor à uma reflexão do que pode , não pode e o que é real, viável a você!

Muita gente acha que sair para correr é algo proibitivo a caminhar, muita gente assiste muita TV, lê muitas frases de motivação, se espelha em muitos atletas de ponta, mas se esquece do principal, que não vive nesse mundo, não treina com a mesma disponibilidade de tempo, equipamentos, e recursos em geral e nem se alimenta e descansa como esses atletas.

Bem, se você não vive totalmente como um atleta, é normal que você tenha resultados diferentes de um atleta, é normal que você caminhe em alguns momentos, e não se engane achando que atletas de ponta correm o tempo todo, claro que a única coisa que você vê é o que aparece na telinha, durante os treinamentos sempre acontecem coisas como quedas, vômitos, cansaço, choro, estresse, tudo de ruim precisa acontecer antes da competição, para que as adversidades da competição não surpreendam o atleta, se o atleta que vive do e para o esporte tem momentos de caminhada quem dirá nós que praticamos apenas por prazer!
Em alguns momentos precisamos andar, para recuperar o folego, para conseguir ir a frente, medicamentos, privação de sono ou sono atrasado, mulheres na TPM, uma alimentação desequilibrada, estresse e muito mais um monte de fatores podem reduzir a performance.

Acredito que em tudo devemos nos divertir, se o seu treinamento for motivos de mais estresse, algo está errado, é melhor refletir o que está fazendo, rever seus treinos, equipe, treinador, metodologia e objetivos, isso não quer dizer que não há cobranças num treino divertido, mas um bom treinador, é aquele que mesmo quando você está cansado, consegue lhe inspirar a ir a frente, mesmo que você vá se arrastando, mas ao final consegue e se sentir feliz por cumprir a missão, mesmo que tenha sido sofrido esse treinamento!

Então no próximo treino que você não conseguir correr direto, lembre-se dessas dicas, lembre-se que talvez tenha trabalhado até tarde, dormido pouco, se alimentado de forma inadequada e ainda sim acordou cedo para treinar, pode ser que seus ânimos mudem e você até renda mais, pois tirou um peso das costas!

Se você conhece alguém que sofre por isso ou outras “falhas” compartilhe esse artigo!
Saudações!
Mario Jorge Hilarino – Facebook | Linkedin | Portal Administradores
Coach
Técnico de Triathlon CBTri
Fundador e Treinador da OTREINO Assessoria Esportiva
Treinador Campeão estadual por Equipes de Triathlon no RJ 2013 e Vice Campeão 2014
Treinador Equipe 3ª colocada nas Maratonas Aquáticas da Federação Aquática RJ
Treinador Equipe Top 10 no FTERJ e FARJ desde sua primeira participação Fundador do www.supremocoaching.com.br

INICIE AGORA MESMO CLIQUE QUERO TREINAR COM A EQUIPE

 

Comente abaixo, compartilhe sua opinião conosco!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *